Quizomba + FML - Música fora do centro!

Quizomba e FML levam o festival pra Zona Sul e em exaltam a mulher preta na música brasileira

ATENÇÃO

Alertamos que as atividades cadastradas na Plataforma Londrina Cultura devem cumprir todos os protocolos vigentes de segurança sanitária e de prevenção à COVID-19 decretados pela Prefeitura do Município de Londrina e demais instâncias competentes.

Descrição Curta:
O Quizomba continua seu tour de re-existência por Londrina e convida à todes para nossa próxima parada, que é a Zona Sul! Contamos como parceiros para essa caminhada o Festival de Música de Londrina, fazendo parte do primeiro domingo de atividades do Festival deste ano.

Nessa segunda edição trabalhamos a partir da mulher preta, e sua resistência dentro da cultura popular. Foi a partir da força de

Classificação Etária: Livre

Site: https://www.facebook.com/events/470707987063033/

Praça da Mata

ver mapaocultar mapa

Dia 14 de julho de 2019 às 15:00

Preço: Gratuito

Endereço:

Descrição

ALÔ MEU POVO QUIZOMBEIRO!

Já deu pra ter saudade de Quizombar de novo não é mesmo?

O Quizomba continua seu tour de re-existência por Londrina e convida à todes para nossa próxima parada, que é a Zona Sul! Contamos como parceiros para essa caminhada o Festival de Música de Londrina, fazendo parte do primeiro domingo de atividades do Festival deste ano.

Nessa segunda edição trabalhamos a partir da mulher preta, e sua resistência dentro da cultura popular. Foi a partir da força de Tia Ciata e outras mulheres que a cultura afro-brasileira resistiu a proibição e é também na força das mulheres que ele resiste atualmente. Vamos celebrar a força da mulher preta que construiu a todos nós

Olha essa programação linda!

15h - Início do evento - com DJ ÁRIDO GROOVE
15h30 - Quizomberê - Palhaço Arnica
16h30 - DJ ÁRIDO GROOVE
18h - Samba de Dandara
19h30 - Brazukeria Samba Soul - Rubia Divino

** AHH já falamos que é DE GRAÇA? **

Serão mais de seis horas de música e lazer, com artistas selecionados através do edital do Quizomba e um grupo de mulheres de Sampa e de samba. Sabe aquela roda de samba gostosa que também representa a luta das mulheres pelo direito a uma vida digna? VAI TER.

Preparem suas canguinhas, ajeitemos as crias todas e vamos soltar o grito de alegria resistência na garganta!

A segunda edição desse ano será no Conjunto Habitacional Cafezal 4 (quase na divisa com o Acapulco), na Zona Sul, no dia 14 de julho, a partir das 15h. O local escolhido é um bosque que ocupa uma quadra inteira e possui um extenso gramado. Mais um lindo lugar para se conhecer na “Pequena Londres”.

VEM QUIZOMBA!

Artes da Edição Nana Souza

PARCEIROS
Festival de Música de Londrina
Casa de Cultura da UEL
Rádio UEL FM
Projeto Encantação
Frente Feminista de Londrina
Áudio 13

-------

O Quizomba esse ano apresenta um projeto Itinerante que conta com o incentivo do PROMIC (Programa Municipal de Incentivo à Cultura) e graças a esse apoio todas as edições desse ano serão gratuitas!

O Projeto Quizomba Itinerante 2019 tem como perspectiva, além de percorrer distintas regiões de Londrina, focar um tema específico a cada edição. Na Região Norte o tema central foi a questão indígena. Nessa edição o foco será o racismo e suas relações com as questões de gênero e as questões vinculadas às comunidades LGBTs.

Entendemos que existem camadas sobrepostas de exclusão. Em uma sociedade machista como a nossa toda mulher sofre. Porém, uma mulher pobre sofre mais. Uma mulher pobre e negra sofre ainda mais. Uma mulher trans, pobre, preta e do candomblé sofre ainda muito mais.

Nesse contexto é fundamental que se dê visibilidade às questões referentes às especificidades das relações entre machismo e racismo e LGBTsFobia e racismo. Formas de discriminação pegam mais forte nas comunidades negras.

Por outro lado, é instigante perceber a importância das mulheres no universo da cultura de matriz a africana. Da força dos orixás femininos à importância das mães de santo, a cultura de matriz africana transpira a potência da mulher.

Paradoxalmente em muitos círculos ligados ao samba o machismo se faz presente. Tal situação provocou no Coletivo Quizomba o desejo de (com o público e os artistas) refletir/sentir, através da arte, a condição da mulher, em especial a mulher negra, no mundo em que vivemos. A luta das mulheres tem alterado vários ambientes, inclusive no universo do samba.

Por isso o Quizomba traz a frente hoje a mulher preta, batalhadora, resistente e sambista. Potência!

Publicado por

Coletivo Quizomba

O Coletivo Quizomba desenvolve o Projeto Quizomba: o samba e outros batuques desde 2015. O Projeto atua junto ao Movimento Negro na perspectiva de preservar e difundir o patrimônio imaterial ligado às manifestações artísticas de matriz africana e indígena e combater a intolerância e o preconceito etino-racial através da arte.

Nome:

E-mail:

Tipo:

Mensagem:

Enviando mensagem

Enviando mensagem