As informações deste registro é histórico gerado em 03/11/2020 ás 23:07:41.
Este agente está como publicado , e pode ser acessado clicando aqui

Coletivo Quizomba

O Coletivo Quizomba desenvolve o Projeto Quizomba: o samba e outros batuques desde 2005. O Projeto atua junto ao Movimento Negro na perspectiva de preservar e difundir o patrimônio imaterial ligado às manifestações artísticas de matriz africana e indígena e combater a intolerância e o preconceito etino-racial através da arte.

Site: https://www.facebook.com/coletivoquizomba/

Email: quizombalondrina@gmail.com

Telefone Público: (43) 99678-7379

Descrição

O Coletivo Quizomba promove o Projeto Quizomba: O Samba e Outros Batuques, que nasceu em 2005 e realizou sua primeira edição no dia 20 de novembro, na Semana da Consciência Negra de Londrina. O Quizomba surgiu por meio do projeto de extensão “Ação Cultural da UEL - Universidade Estadual de Londrina: O desenvolvimento da arte e da cultura como produção humana de potencial força transformadora da consciência artística e social.” O projeto partia do entendimento que a Casa de Cultura da universidade devia ser um local privilegiado para a formação de agentes/produtores culturais. Um espaço de estágio com convergências entre ensino, pesquisa e extensão, que abarcasse estudantes de todas as áreas que desejassem trabalhar com arte e cultura. A perspectiva era que os estudantes passassem por todas as etapas do processo de produção: estabelecimento de referenciais teóricos, apresentação de ideias de ações, transformação das ideias em projetos, implantação e avaliação dos projetos. Um dos seis projetos elaborados, o Quizomba foi concebido a partir da percepção que havia uma fragmentação em relação às pessoas que apreciavam o samba e outras manifestações culturais de matriz africana. Havia o grupo das escolas de samba, o pessoal de Terreiro e uma quantidade razoável de universitários que migravam do rock para o samba. Porém, esses grupos não se encontravam. A ideia inicial do Quizomba foi propiciar esse encontro, a partir de uma vivência estética que fugisse dos parâmetros mercantis. Nesse sentido, foi desenvolvida uma articulação entre os três grupos para a consolidação do Quizomba. <br /> O Quizomba desde o inicio atua junto ao Movimento Negro, tendo entre seus objetivos viabilizar o acesso às manifestações artísticas de matriz africana não veiculadas na grande mídia, preservar e difundir o patrimônio imaterial ligado às manifestações artísticas de matriz africana, combater a intolerância e o preconceito etnoracial em relação a cultura afro-brasileira através da arte, articular produtores, artistas e público apreciador deste tipo de manifestação, consolidar-se enquanto polo aglutinador de pessoas interessadas em fruir e produzir arte e cultura, e formar através da práxis novos agentes e produtores culturais, priorizando um tipo de repertório menos conhecido e com pouca veiculação nos meios de comunicação de massa, e atividades formativas (vivências) relacionadas à manifestações como jongo, carimbó, tambor de criola, coco, maracatu, samba de vadiagem. Essas manifestações são pouco conhecidas, levando em conta um público mais amplo, aqui em Londrina.

Vídeos